19
Out
06

Opinião – Artigo de André Azevedo Lopes.

O artigo de opinião intitulado “Alterações climáticas e cepticismo económico” foi publicado na semana passada na revista DIAD do jornal Público. A súmula apresentada, a legendar uma foto que retrata uma flor num ambiente de extrema secura, chamou-me a atenção:

“O reconhecimento de que a temperatura média do planeta pode estar a subir não justifica, por si só, a tomada de medidas extremas.”

e decidi avançar para a leitura do texto. Da leitura do artigo ficaram-me cá 2 ou 3 frases “atravessadas”, ora este senhor explica-nos que, por exemplo, uma legião de prestigiados economistas chegou à brilhante conclusão de que as soluções propostas para combater as alterações climáticas (Protocolo de Quioto incluído) seriam das piores aplicações de recursos destinados a aumentar o bem-estar global e nos países em desenvolvimento. Um pequeno problema se coloca, digo eu, se aumentarmos o bem-estar nesses países estamos, muito provalvelmente a falar de mais consumo de energia, de água, da criação de mais poluição, de mais consumo de petróleo, de mais gases na atmosfera. Desculpe lá mas para quê aumentar o bem-estar se a seguir lhes está dizer de que já não temos mais recursos, nem água para beber, nem ar para respirar? É óbvio que esses países merecem o bem-estar, aliás todos nós o merecemos, mas para quê repetir os erros do passado? Porque não um desenvolvimento sustentado e sustentável, e porque não um comércio justo em que todos competem em igualdade? Mas eis que no parágrafo final surge a resposta à minha pergunta:

“Em suma, o que mais importa – quer esteja em causa o arrefecimento ou o aquecimento global – é impedir que decisões economicamente irracionais ponham em causa o mais importante recurso de que a humanidade dispõe para enfrentar a incerteza do futuro e promover o desenvolvimento: o tão imprescindível quanto incompreendido capitalismo.”
(o negrito é meu)

Então é isso, haja desenvolvimento porque é aí que está o dinheiro a ganhar…
O resto que se lixe, é mais grau menos grau, mais calote polar menos calote polar, mais metro de água menos metro, o que verdadeiramente interessa é o capitalismo, porque o bem-estar assim o pede…

Anúncios

2 Responses to “Opinião – Artigo de André Azevedo Lopes.”


  1. Outubro 19, 2006 às 3:30 pm

    O capitalismo dos ricos, porque o capitalismo dos pobres ele não o quererá.

  2. Outubro 19, 2006 às 9:34 pm

    Os meus amigos economistas com o prémio nobel é que sabem? Os geofísicos andam aos apalpões? Os geofísicos podiam não saber em 1974 porque é que se estava a dar o arrefecimento mas hoje em dia sabem-no bem (por causa dos fumos dos incêndios, dos rastos de vapor dos aviões, da poluição por foligens; chamou-se a isto o escurecimento global). Os economistas também diziam coisas diferentes em 1974: nessa altura defendiam o mercado regulado pelo estado e a social-democracia, em vez *deste* capitalismo. Os geofísicos preocupam-se por a emissão de gases estufa ser tão intensa que as suas consequências já ultrapassaram as daquele mecanismo de arrefecimento. E preocupam-se ainda mais por saberem que o clima tem uma série de mecanismos de realimentação que podem transformar numa autêntica hecatombe (económica, também) uma pequena variação da temperatura média do planeta!
    Por estas e outras é que acho que o DiaD não é melhor que o Xis (o suplemento dos sábados). Este é para jovens donas de casa modernaças, daquelas que têm lojas em franchising nos shoppings da moda, ou assim querem fazer crer; o DiaD é para os seus jovens e dinâmicos maridos, igualmente modernaços, gestores de empresas ou que assim querem parecer. Não tenho pachorra para estereotipos banais, muito menos destes, que já metiam nojo no tempo dos meus pais. Comigo, estes suplementos seguem directamente para a pilha da reciclagem.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats