14
Set
07

Entrevista com João Cosme.

Reconheço que sou um fã do trabalho do João Cosme. Além de ser um excelente fotógrafo, com trabalhos publicados em diversas revistas, entre as quais a National Geographic, é uma excelente pessoa, afável e humilde. Aprecio particularmente as suas fotografias da nossa fauna que acho excelentes, com um domínio da profundidade de campo muito bom e que lhes transmite uma força e expressividade fora do comum. Partilhamos, o João e eu, o facto de termos como fotógrafo de referência o Jim Brandenburg e de sermos autodidactas mas a semelhanças param aí, o João é um grande fotógrafo e eu ainda tenho muito que aprender e fazer para o poder ser (se o chegar a ser). Agora vamos ler o que nos diz João Cosme:

Como se interessou pela fotografia e como começou a sua carreira de fotógrafo?

Isso é uma longa história, mas a fotografia surge depois do meu interesse pela observação da vida animal, em especial as aves. Talvez o mais importante tenha sido os documentarios do Homem e a Terra, do realizador Espanhol Felix Rodriguez de la Fuente,que me despertou um grande interesse, ao nivel de fantásticas filmagens como no trabalho de campo. Todo o meu percurso foi autodidacta, com apoios, em livros e revistas da especialidade.

O que é para si, uma boa fotografia de natureza?

Algo que seja criativo, e não apenas um registo. Para mim a imaginação e uma visão diferente, do sujeito que fotografamos, pode marcar a diferença. A emoção que se trasmite, através da imagem, é algo marcante e no meu ponto de vista importante.

Quando olha pelo visor da sua máquina quais são os elementos que compoêm essa imagem que o fazem premir o botão do obturador?

Existe sempre da minha parte, uma preocupação com o enquadramento da imagem, a postura do animal e a sua atitude.

O que é que as suas fotografias transmitem a quem as vê?

Bem! Isso seria melhor perguntar as quem as vê. O que eu posso dizer, em relação à sua pergunta, é que tenho um objectivo: Este género de imagens são aliadas da conservação da natureza, e pretendo com as minhas fotografias, mostrar ao publico, que, olhe para o mundo natural de outra forma, com respeito e carinho, só conhecendo é que podemos proteger, por isso espero com o meu trabalho dar essse contributo.

Quais são os fotógrafos que lhe servem de inspiração e porquê?

Antes de me tornar fotógrafo, via com muita atenção reportagens de fotografos internacionais, com quem me identificava, quer pelo seu trabalho , mas também pela sua postura. Em Espanha gosto de vários fotografos, como António Vasquez, José Luis Rodriguez e Ricardo Vila, entre outros. Mas o que mais admiro é sem dúvida, Jim Brandenburg.

Por fim, como vê o estado da fotografia actualmente, com o nascimento de novas tecnologias e a democratização que o digital trouxe, será a morte da fotografia como arte?

Penso que não, o que acontece com as novas tecnologias é uma maior adesão por parte das pessoas à fotografia de natureza. Trouxe algumas vantagens e reduziu os custos financeiros, e o facto de visualizar os resultados na hora, é uma grande vantagem. Captar um fotograma em analogico ou digital, é precisamente a mesma coisa, o que muda é o suporte em que é feito.

abe© João Cosme.

Cinclus (blogue).
Sítio web de João Cosme.


0 Responses to “Entrevista com João Cosme.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats