27
Set
07

Reflections on photography…

So you’re a photographer and you want tips on how to exercise your creativity, how to print and how to price your prints. Well, you came to the right place…
É um fotógrafo e anda à procura de umas dicas sobre como exercitar a sua creatividade, como imprimir e como calcular o preço das suas fotografias. Bem, veio ao lugar certo…

First, we all have to learn how to exercise our creativity and there’s nothing better than to read the essays by Alain Briot on ‘Luminous Landscape’, brilliant stuff.
Em primeiro lugar todos nós precisamos de saber exercitar a nossa criatividade e não há nada melhor do que ler os ensaios de Alain Briot no ‘Luminous Landscape’, absolutamente brilhantes.
Link: Exercising your creativity by Alain Briot.

After that you have to develop your own vision. Another superb reading by Alain Briot.
Depois disso é preciso desenvolver um olhar próprio. Mais uma leitura soberba do Alain Briot.
Link: Developing your vision.

Ciarán Brewster give us 101 tips to achieve better photos. By now most of us have already know most of the tips but it never hurts to read them.
Ciarán Brewster dá-nos 101 dicas para obter melhores fotos. Nesta altura a maioria já sabe de cor grande parte das dicas mas não faz mal nenhum lê-las.
Link: 101 tips for better photos.

Now that you know the rules you can break the rules. Of course in order to break the rules you have to know what you’re breaking in the first place so study the rules and learn them.
E agora que já conhecem as regras já as podem quebrar. É lógico que para quebrar as regras é necessário conhecer o que se está a quebrar em primeiro lugar por isso estudem e conheçam as regras.
Link: To break the rules, you must first know the rules.

It will pay off if you spend some time reading essays and articles about photography and how different authors look at the medium.
Traz alguns dividendos gastar algum tempo a ler ensaios e artigos sobre fotografia e como autores diferentes olham para este meio.
Link: Innocence and the Eye to see it….Equivalents.

Sometimes a fresh approach is not what will work for your photos, sometimes it will do your images a great service. It’s always depends on your vision and creativity. It doesn’t have to be perfect all the time and you don’t have to be skilled as Ansel Adams if you want to succeed, but it helps if your work is well organized, well printed and displayed and you choose carefully your best images.
Às vezes uma estética diferente não funciona nas suas fotografias, às vezes pode fazer maravilhas pelas mesmas. Irá sempre depender da sua visão e creatividade. Não precisa de ser sempre perfeito e não precisa de ter as capacidades de Ansel Adams se quer ter sucesso, mas ajuda muito ter um trabalho bem organizado, bem impresso e mostrado e se escolher criteriosamente as suas melhores imagens.
Link: The value in new and different.

“To get the best out of any image requires processing in an image editing package…”. A good example of how you can process an image to turn it in a great one. To achieve a good final result you have to start with a good image, shoot in RAW and the results will be better if you end with a natural looking image that doesn’t scream ‘edited in photoshop’ all over the place.
“Para obter o melhor de cada imagem é necessário editá-la num processador de imagem…”. Um bom exemplo de como pode processar uma imagem para a transformar numa grande imagem. Para obter um bom resultado final é preciso começar com uma boa imagem, disparar em negativo digital e os resultados serão melhores se terminar com uma imagem natural que não berra ‘editada no photoshop’ por todos os lados.
Link: Processing an image in Photoshop.

When you have the final image how do you know how big can you print it? Follow the advice from Thom Hogan and do the math, you can’t go wrong with his advices.
Depois de ter a imagem final como sabe qual é o tamanho maior que pode imprimir? Siga os conselhos de Thom Hogan e faça as contas, é difícil enganar-se se seguir os seus conselhos.
Link: How big can i print?

Now you have great photos, wonderful prints but do you know who is your market? Who will be buying your photos is of great interest, after all you will be marketing your work to a certain public and you have to know who is that public. Learn to recognize your audience in this text by George Barr.
Agora já tem boas fotos, excelentes impressões mas sabe quem é o seu mercado? Saber quem vai comprar as suas fotos é de extrema importância, ao fim a ao cabo vai estar a publicitar o seu trabalho para um certo público e precisa de saber quem é esse público. Aprenda a conhecer a sua audiência neste texto de George Barr.
Link: Just who are our market?

And now you have to set the prices accordingly to your market and your work. This task is one of the hardest a photograph will face: too cheap and the people will think it’s amateurish and too expensive and people will not afford it. We have to settle middle-ground between cheap and expensive and still manage to get a profit out of it.
E agora precisa de estabelecer os seus preços de acordo com o seu público e com o seu trabalho. Esta tarefa é uma das piores que um fotógrafo tem que enfrentar: demasiado barato e as pessoas vão considerar que é básico e muito caro e as pessoas não o vão conseguir comprar. É preciso encontrar um meio-termo entre o barato e o caro e ainda conseguir tirar algum lucro da situação.
Link: Print prices.

But magazines are starting to look on digital revolution as an opportunity to lower the prices, after all now it’s just to simple and cheap to produce an image, it’s that true? No, that’s not true, you have travel expenses, you must have pro gear and still earn a living.
Mas agora as revistas e jornais estão a olhar para a revolução digital como uma oportunidade de baixar os preços, ao fim e ao cabo agora é mais simples e barato produzir uma imagem, não é verdade? Não, não é verdade, existem despesas de viagem, é necessário ter equipamento profissional e ainda ganhar a vida.
Link: It looks so easy, it must be cheap!

Still on the prices subject, Jen Berkman started a project called ’20×200′: “On a Sunday night back in January, Jen came up with a formula: large editions + low prices x the internet = art for everyone”. On the website every week two pieces are introduced: one photograph and one work on paper. Worth your visit and something to think about.
Ainda no tema dos preços, Jen Berkman iniciou um projecto chamado ’20×200′: “Numa noite de domingo em Janeiro, Jen descobriu um fórmula: edições grandes + preços baixos x internet = arte para todos”. No sítio da internet em cada semana são introduzidos duas novas peças: uma fotografia e um obra em papel. Merece a sua visita e é algo para pensar.
Link: 20×200.

And at last, Chris Steele-Perkins talks on the Magnum blog about how he worked on his last book ‘Northern Exposures’. He talks about the capture, the idea behind the project and the tools he used.
E por fim, Chris Steele-Perkins fala no blogue da Magnum sobre como trabalhou no seu último livro ‘Northern Exposures’. Fala acerca das fotografias, a ideia por trás deste projecto e as ferramentas que usou.
Link: Northern Exposures on Magnum blog.


4 Responses to “Reflections on photography…”


  1. Setembro 27, 2007 às 4:50 pm

    E pronto, já tenho leitura até ao fim do ano, no mínimo. Desta vez exageraste! :)

  2. Setembro 27, 2007 às 5:05 pm

    A ideia era reunir numa só entrada de hipertexto (ideia herdada do sargaçal, de boa memória) uma série grande de artigos que de outro modo ficariam dispersos por várias entradas, perdendo assim eficácia e impacto. Este artigo vai depois para os destaques, ficando assim relativamente acessível para todos. Mas existem artigos que são relativamente fáceis e curtos de ler, excepto os do Alain Briot que são longos e exigem alguma atenção.

  3. Setembro 27, 2007 às 7:38 pm

    Uau, que lista tão globalizante e específica. Uma entrada a não esquecer tão cedo. Obrigado.

  4. Setembro 27, 2007 às 11:08 pm

    Diogo, a ideia era mesmo essa: fornecer uma boa lista de artigos e juntá-los numa entrada só. E eu é que agradeço o comentário.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats