20
Mar
09

o drama da revista c no porto.

Será possível quantificar o grau de dificuldade em adquirir uma revista que à partida deveria estar disponível nas duas maiores livrarias do Porto?
Estou que nem posso… já nem consigo falar na revista C sem me enervar valentemente. A saga começou quando a Fnac anunciou com pompa e circustância que iria lançar em Portugal a exclusiva revista de fotografia C, que é editada duas vezes por ano e cujo preço por edição ronda os 75€. A revista é um repositório sobre o que de melhor se vai fazendo na fotografia mundial e é editada em duas versões: inglês/chinês e espanhol/japonês. O papel é do melhor (dizem eles) e a impressão idem; contém colaborações com curadores, críticos de arte, portfolios de fotógrafos e entrevistas com os mesmos.

Comecei a procurar a revista e na primeira abordagem contactei alguém da Fnac e que se prontificou a resolver a situação de modo a que tivesse acesso à revista. Enviou-me resposta pronta a informar que poderia adquirir a revista em determinadas lojas da cadeia, uma delas a Fnac de Sta. Catarina. Na primeira vez que fui à loja fui informado para procurar no expositor de revistas, se não estivesse lá não havia em stock. Como facilmente se previa não havia em exposição, voltei a perguntar e a mesma resposta: se não está lá não existe. E mais disse que desconhecia completamente a revista.

Sou masoquista, voltei à carga passadas duas semanas já munido com a informação de que a revista tinha que estar disponível para o público nessa loja. Chegado ao balcão de informações perguntei, vasculharam tudo e não encontraram rastos da revista. A seguir fizeram o que deveriam ter feito em primeiro lugar: pesquisaram a base de dados. Nada. Mais uma pesquisa. Nada. Finalmente uma luz ao fundo do túnel, engano puro, a revista nunca chegou à loja, ninguém a viu (e confidenciaram-me nunca ninguém perguntou por ela…) e nem sequer sabem como é. Desisti.

Mas sou masoquista, já disse. No sítio da revista vem mencionada a cadeia de livrarias ‘Leitura’. Voltei à carga na livraria da R. de Ceuta. Explicação trémula, não é aqui, as revistas passaram para o shopping cidade do Porto, pode ver se há em stock?, não temos acesso às outras lojas passe por lá, obrigado pela informação…
Pior que masoquista, às vezes sou um bocado sádico e pedi à Sónia que por acaso trabalha perto para lá ir no intervalo para almoço. Cinco minutos antes chamada: como se chama a revista? C, com c de cão. Revista internacional de fotografia, só é editada duas vezes por ano. Cara. Nova chamada: a revista só se chama assim? Sim, C. Photo magazine C. Resposta: Não conhecem, nunca viram e nem sabem o que é (entre reclamações de que anda a perder tempo do seu almoço à caça de fantasmas, etc.). Dá-me um repente e vou ao sítio deste belo exemplar de livraria/loja que é a Leitura e sem grande dificuldade encontro a revista. Que custa 79€ e existe o número oito (que é o actual) e que entregam em 24/48 horas…

Agora pergunto: alguém está interesssado em me vender o raio da revista? Se estiverem, eu estou interessado em comprar, obrigado. Por outro lado talvez não. Comprar dois números em Portugal custa-me a módica quantia de 180€, se assinar os mesmos dois números custam-me, com portes saliente-se, 110€.

Às vezes esqueço-me que vivo em Portugal…


0 Responses to “o drama da revista c no porto.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats