10
Ago
09

Festival Jardins 2009.

festival jardins PL 2009 (9)© mário venda nova

Este fim de semana visitei pelo segundo ano consecutivo o Festival de Jardins de Ponte de Lima. Estamos em Agosto, o calor aperta e a luz é péssima para fotografar mas aprecio particularmente este festival para deixar passar a oportunidade de visitá-lo. Em termos puramente estéticos gostei mais dos jardins deste ano do que do ano passado; no conjunto global são aquilo que classifico como peças conceptuais, logo intransponíveis para a realidade de um jardim caseiro, visualmente atraentes e com uma mensagem forte e carregada mas a questão é se essa mensagem passa para o público de forma perceptível.

Gostei particularmente dos jardins ‘o elogio da espera’, um jardim plantado com flores silvestres e um troço de via férrea, o ‘jardim dos origamis’ uma bela peça conceptual onde o contraste do chão de lousa preta contrasta com os pássaros brancos de origami suspensos em varas de ferro, ‘o jardim dos sentimentos’ onde estruturas em madeira com formato de coração estão rodeadas de roseiras e com uma clara inspiração nos lenços de namorados dequela região e por último (e também por ser o último do festival) o jardim ‘pintando (no) (o) jardim’ uma instalação inspirada er muito conseguida; é talvez o meu favorito.

São, no conjunto global, jardins muito equilibrados e talvez menos polémicos que no ano passado onde alguns eram demasiado conceptuais (se é possível chamar a uma peça de arte demasiado conceptual…) e bizarros, de imediato lembro-me de um com um conjunto enorme de bolas cor de laranja a que ninguém ficava indiferente.

Jardim dos sentimentos
A instalação é claramente dedicada aos enamorados e inspirada na tradicional arte dos lenços dos namorados de Viana do Castelo. Estruturas em troncos de madeira cujas formas revelam enormes corações e onde dentro foram colocados pequenos bancos de madeira pintados – construídos a partir de cepos de árvores – cuja cor coincide com a cor das roseiras que estão plantadas dentro das estruturas, pontuam pelos troncos pequenas inscrições em preto e/ou vermelho com dizeres vários, entre os quais a palavra ‘amei-te’ repetida várias vezes, e corações, uma reminiscência do velho hábito de inscrição nas árvores. Na parte de cima das estruturas e ligando-as entre si um emaranhado de ligações de corda, uma referência à teia de ligações que vamos estabelecendo e a forma intricada como se ligam entre si, é também um símbolo do emaranhado de emoções que o amor desperta.

Jardim ‘pintando (no) (o) jardim’
É entre todos o que recolhe de imediato a minha preferência, talvez pelo facto de ter sido artista plástico durante algum tempo e a minha obra ser maioritariamente abstracta.
Numa primeira análise a ligação da cor das flores com os lençois pintados salta à vista e será talvez o elemento dominante mas existem várias ligações que não posso deixar de referir. A construção do jardim à volta de elementos finitos – as flores – e infinitos – as pinturas – é talvez a relação mais interessante de explorar neste jardim, no final quando as flores morrerem restará uma imagem, um símbolo ou uma prova se quiserem, da sua existência naquele local. A estrutura está montada de forma a que sejamos obrigados a passar pelo meio das pinturas suspensas com molas de roupa, providenciando um contacto do público com a obra muito interessante, afastando assim a noção de obra inacessível e intocável e ao mesmo tempo associando a arte a algo comum e que deveria fazer parte do nosso dia-a-dia (a suspensão com molas de roupa remete-nos para o acto vulgar de colocar a roupa a secar). A disposição dos enormes lençois de vários tamanhos permite, associada com o vento, abrir ‘janelas’ de uma cor para a outra criando um movimento fascinante que permite um visionamento hipnótico da instalação.

Para finalizar deixo um pequeno ‘slideshow’ com algumas fotografias captadas neste festival.
Vodpod videos no longer available.

more about "festival jardins 2009", posted with vodpod

0 Responses to “Festival Jardins 2009.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats