11
Jan
11

Espaço para reflectir…

Olhando para trás fico com uma sensação de que algo falta aqui neste blogue e na blogosfera portuguesa que se debruça sobre fotografia: reflexão. Afinal o que resta da espuma dos dias é o acto de reflexão e análise sobre determinado assunto, tudo o resto – apesar de ser informação – apenas remete para o ruído e para o esquecimento.
O problema é que no correr dos dias, na ânsia de estar em cima de toda e qualquer informação, que na hora parece vital, a reflexão é impossível. Ou talvez não… Apesar deste frenesim de informação existe espaço suficiente para deixar a poeira assentar e racionalizar sobre os temas que de facto são importantes ou essenciais para uma melhor percepção do estado actual da fotografia portuguesa. Existe um espaço para preencher nesse campo e ele deve ser preenchido porque no meu entender sem esse espaço de reflexão qualquer tentativa de entender a fotografia se revela difícil.
É verdade no que neste tempo facebookiano e twitteriano de pequenas mensagens de 100 a 300 caracteres, sem hiperligação logo sem possibilidade de sairem fora da rede onde foram publicadas, um texto um pouco mais longo – digamos 3000 ou 4000 caracteres – é um anacronismo sem apelo nem glamour, logo um candidato possível para o arquivo “das-coisas-que-irei-ler-um-dia-quando-tiver-um-intervalo-entre-a-refeição-do-gato-e-o-filme-das-10:30”. Mas a culpa não é só de quem lê mas em grande parte nossa – de quem publica sobre fotografia – porque nesse frenesim de publicar tudo como se o mundo dependesse misteriosamente da quantidade de posts publicados na rede nos esquecemos de que é preciso dar tempo a que os textos assentem e façam o seu papel: o de plantar no leitor o desejo de saber mais mas sobretudo o de desenvolver a sua linha de pensamento sobre o tema.

Para contradizer o que acabo de escrever este texto é pequeno mas serve para plantar em todos o que o leram o desejo de escreveram para além da espuma dos dias e que transformem os seus blogues em plataformas de discussão e de reflexão sobre fotografia. E eventualmente provar o meu próprio remédio e fazer eu próprio o mesmo. Ora aí está uma resolução para 2011 que é interessante, não acham?


5 Responses to “Espaço para reflectir…”


  1. Janeiro 11, 2011 às 11:24 pm

    Eu leio o que escreves, independentemente do tamanho do texto. Mas eu sou suspeito porque sou fan.
    Que tal reflectir sobre os limites da pós produção? Há tempos tentei defender o PS entre amantes do filme e não tive grande sucesso. Iam-me dando com uma 80-300 2.8 na cabeça. :-)

    • Janeiro 12, 2011 às 8:10 pm

      Zé Maria,
      esse é um velho tema meu… talvez siga outras direcções/discussões. mas apetece-me parar mais e escrever mais e melhor. espero que os leitores continuem a gerar a discussão necessária a esse objectivo…
      abraço

  2. 3 Ricardo Vasconcelos
    Janeiro 14, 2011 às 4:57 pm

    Olá Mário.
    Não gosto de resumos, twitter e afins não é, nem tão pouco serve, para reflectir.
    Quanto aos textos, mesmo que pequenos, se o conteúdo for pertinente e pragamático, vale sempre a pena. Tenho encontrado alguns por aqui, e aí penso como tu, podiam ser mais, podiam ser melhores – leia-se, mais profundos, menos abertos e mais específicos.
    Sugestões de reflexão: o papel do amadorismo na evolução estética da fotografia; o papel do fotografia documental vs papel do fotojornalismo – semelhanças e diferenças; e uma que tenho andado às voltas: o que é o fotojornalismo hoje? a mãe do fotojornalismo ainda é a guerra?
    Para finalizar, uma daquelas “old school”: o fotojornalismo admite a manipulação digital? Deveria admitir? esta tem “pano para mangas”.
    Abraço,
    RV

  3. Janeiro 16, 2011 às 12:32 pm

    eu nem sobre fotografia nem sobre nada. *suspiro*
    e admito ser das que marca “unread” para “ler mais tarde” (este post li mas marquei “unread” para vir comentar!)
    força aí nos textos, eu prometo ler mesmo q sejam compridos. a reflexão serve sobretudo para nós próprios por isso não te chateies muito. a jeito de desafio que tal um tema por mês? (pelo menos!)

  4. Janeiro 16, 2011 às 5:10 pm

    obrigado a todos.
    @ Zé Maria: boa ideia.
    @ Ricardo: aí estão boas linhas de reflexão e vou aproveitar algumas de facto!
    @ sushi lover: e porque não?! boa ideia!!

    é com os leitores que conto!
    obrigado a todos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats