30
Maio
11

De volta…


Regresso de uma curta pausa para férias, curta mesmo, duas semanas que se resumem a uma porque a Sónia não pode tirar a primeira semana, além de que decidiu nessa semana – e em dia da final da liga europa Porto x Sp Braga – ir tirar um dente. E assim se passaram uns dias, na última semana estive em repouso na área protegida de Bertiandos, numa casa abrigo, sem internet, sem wifi, sem macbook, sem tv por cabo, apenas o essencial: boa companhia, uns livros, uma Moleskine, um iPod e o BlackBerry para ler uns emails.
Li algumas coisas que me deram matéria para reflectir, sobretudo um ensaio de Susan Sontag da recolha dos seus últimos ensaios antes da sua morte, At the same time, Loving Dostoyevsky onde Sontag aborda a forma como Leonid Tsypkin escreveu o seu livro “Verão em Baden Baden” (penso que sem edição portuguesa mas tem edição brasileira), caso estejam interessados em ler o The Guardian tem uma crítica ao livro, basicamente fiquei a pensar se a forma como Tsypkin escreveu o seu livro se pode aplicar à fotografia, sobretudo pela via da construção de um projecto. Tenho a certeza que sim e será objecto de reflexão à parte deste texto.

Entretanto comecei, em plenas férias, a desenhar o futuro colectivo, seleccionei o nome, comecei alguns contactos que se irão estender pelas próximas semanas que neste campo serão de trabalho intenso. Não podia esperar mais ou avançava agora ou nunca, pesei muito bem os prós e os contras e é um projecto no qual me vou embrenhar totalmente durante os próximos seis meses, no início de 2012 o colectivo deverá estar a funcionar, se não estiver ou eu terei falhado ou não terei arranjado parceiros para esta minha “aventura”, não há outra forma de ver as coisas. Não queria de toda a forma de ficar com a sensação “o que poderia ter acontecido se…” e assim em 2012 se isto não chegar a bom porto tenho pelo menos a sensação de que fiz tudo ao meu alcance para que o projecto se realizasse.

Quanto a trabalho pessoal fotografei pouco mas passei muito, aliás a companhia gosta de passear bastante…
Ainda me assustou quando tentou abocanhar uma cobra com cerca de 1,80mt mas tirando isso e o banho no Rio Estorãos portou-se lindamente. O casal de melros que passeava habitualmente no jardim não teve muitos problemas com a cadela que diga-se lhes ligou pouco.
Ainda fiz umas polaroids em Pz-600 e em Instax 210, dois rolos de 120 na Holga e meia-dúzia de cianotipos (papel sensível à luz em que se obtém uma imagem colocando um objecto em cima e expondo-o ao sol).


2 Responses to “De volta…”


  1. Maio 30, 2011 às 11:31 pm

    férias?! com tanta animação? :)
    boa sorte com o projecto e não desistas!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats