Posts Tagged ‘revistas

08
Out
10

Color – a irmã a cores da B&W


Comprei pela primeira vez a revista Color da mesma editora da B+W. Encontrei-a na prateleira do quiosque e como é um número especial sobre o concurso que levaram a cabo comprei-a e como é habitual nas publicações deste tipo da B+W não desiludiu. Tem fotografia de alto nível e é incrível a quantidade de gente a fazer excelente fotografia, algo que me surpreendeu foram as inúmeras abordagens à fotografia de natureza muito longe dos estéreotipos habituais.

Por cerca de 11€ é uma excelente compra para tomar o pulso à boa fotografia a cores que se vai fazendo pelo mundo fora.

28
Ago
09

A queda de um anjo.

A crise acaba de fazer mais uma vítima: a revista Photoicon. Neste momento as ‘rotativas’ pararam e a revista está fora de circulação; no entanto ainda é possível adquirir os números antigos e consultar o sítio que está sempre actualizado.
Tenho a revista desde o número um e confesso que é com alguma tristeza e fustração que assisto ao fim da mesma, a impressão era fora de série e as reportagens muito boas, isto tudo com um preço fantástico e portes grátis. O número 9, um dos meus favoritos, era dedicado inteiramente à fotografia nórdica, com um selecção muito interessante de fotógrafos nórdicos e com artigos sobre a fotografia dos países do norte da Europa.

A revista era um projecto editorial muito interessante: bons conteúdos, boa impressão, publicidade escassa e de boa qualidade. Era algo caído do céu para comissários, curadores e pensadores sobre fotografia; permitia o acesso a entrevistas de várias páginas e não de meia dúzia de linhas e a capacidade que demonstrava de dar a conhecer a história desta arte colocava-a num patamar superior às revista de fotografia mais comerciais.

Folhear a revista permite perceber a qualidade superlativa das impressões, sustentada numa política de anúncios com preços astronómicos que numa época de crise provavelmente afastou os anunciantes, essenciais à sustentabilidade do projecto dado que o preço cobrado aos assinantes – cerca de 40 a 50€ se a memória não me atraiçoa – era francamente baixo. Talvez o fim do projecto signifique que o mesmo não foi estruturado de início para aguentar qualquer ‘soluço’ do mercado ou que pura e simplesmente foi mal estruturado, isso agora não sabemos e apenas podemos esperar que no início de 2010 a revista regresse conforme o prometido pelos editores.
Entretanto todos os que se interessam por fotografia só têm a lamentar a perda de um título de qualidade.

13
Abr
09

A revista C, finalmente.

Um dia após ter subscrito a revista C, chegou-me às mãos o número actual, o oito. Em casa verifico que tenho um email da editora que começa assim: ‘Estimado Mário (…)’, e que me convida a adquirir os restantes números a um preço bastante atractivo – que de momento não vou aceitar dado que sete números a cerca de 50€ não é propriamente barato -, termina de forma cordial com um ‘Muito obrigado’.
A isto chama-se atenção para com o cliente, coisa que as lojas que vendem a revista cá em Portugal parecem desconhecer de todo. Fica, para já, um pequeno teaser…

revista-c

03
Abr
09

sex, lies and photoshop (+)…

Blogue de José Loureiro
Existem poucos blogues em Portugal que se dediquem exclusivamente ao equipamento e este é um deles. Se usa material Nikon numa base regular então vale a pena ir lá fazer uma visita.

Invisible City
Uma revista exclusivamente online, dedicada à fotografia contemporânea e com a possibilidade de ser descarregada em pdf. Este é o primerio número e já estão abertas as inscrições para os números dois e três. É uma revista extremamente contemporânea e neste número o portfolio que mais se salienta é o da Olivia Locher, os artigos são relativamente interessantes de um ponto de vista conceptual mas não abordam o tema ‘fotografia’, de um certo modo isso desiludiu-me numa primeira leitura mas talvez não seja tão importante desde que os textos tenham valor por si só, o que de facto não me parece que aconteça, acho até a qualidade geral dos textos pouco equilibrada. Mas é um primeiro número e por isso é preciso aguardar pelos próximos para fazer uma avaliação mais correcta deste projecto.

Sex, lies and photoshop
[why magazines should let readers know if images have been retouched] é o subtítulo deste vídeo do New York Times. Numa sociedade em que a imagem é objecto de consumo e de desejo, a ponto de provocar disturbios importantes em centenas de pessoas e de promover uma corrida desenfreada às clínicas de estética com o objectivo de tornar corpos mais parecidos com os estériotipos que nos chegam através dessas imagens, até que ponto deverão as revistas informar os seus leitores de que as imagens foram retocadas, corpos retalhados e distorcidos para a obtenção do resultado final?…

III concurso Epson
Aí estão os vencedores do III concurso Epson. Entre os premiados um português – Luís Flores – recebeu uma menção honrosa. De salientar que o vencedor é um fotógrafo autodidacta.

Big Storm Picture
Se acha que ser fotógrafo amador já é um passatempo arriscado então como classifica um fotógrafo que é um caça-tempestades e que gosta de fotografar no olho do furacão? Lunático mas as fotografias são brutais, valem a visita pela carga espantosa dos céus e pela coragem de as fazer.

11
Jan
09

Revistas de fotografia – Réponses Photo (fr).

digwater035É uma das melhores revistas francesas de fotografia que aborda vários temas e que nos últimos tempos se têm dedicado também à edição de bons portfolios de amadores. Tem vários artigos sobre técnica, uma boa área de testes e publicam de tempos a tempos uns destacáveis muito interessantes sobre os mais variados temas técnicos.
Fotograficamente falando são muito abrangentes: se é bom, publica-se. Conseguem assim ter sempre uma abrangência que vai do clássico ao contemporâneo, da natureza à urbanidade. Desde há três anos que publicam uma revista extra com uma reflexão sobre o estado da fotografia e com entrevistas com inúmeras pessoas ligadas à fotografia, desde fotógrafos, donos de lojas, organizadores de eventos, etc., é um número a não perder. Percebe-se que estão atentos às questões fulcrais da fotografia na actualidade mas ao mesmo tempo não descuram o passado.
Os concursos são outro atractivo desta revista e cujos prémios costumam ser aliciantes.

Tem boa impressão, uma coluna de opinião interessante, bons editoriais, custa cerca de 7€ e aconselho-a vivamente, até porque se arrisca a ser uma das poucas revistas francesas de fotografia que vale mesmo a pena ler.

08
Fev
08

O elogio da sombra na FotoDigital.

oeds3Este mês a Fotodigital foi para as bancas com várias alterações e remodelações, entre as quais figura um artigo da minha autoria. foi com surpresa que um dia cheguei a casa e deparei com um email do José Antunes a desafiar-me para criar um espaço de diálogo na revista, em resposta a uma crítica que eu fiz à revista (mais propriamente ao Luiz de Carvalho) aqui num artigo sobre a edição de imagem. São espaços diferentes, linguagens diferentes, é um desafio que encaro com seriedade e pretendo trabalhar afincadamente para proporcionar aos leitores da revista e aos leitores do elogio bons textos e artigos.

Dito isto, leiam a revista e dêem a vossa opinião. Queremos lançar o debate em torno do que é a fotografia hoje mas sobretudo para onde vai e a revista será sempre um veículo privilegiado para o fazer. Nesta época parar para ler um suporte impresso faz todo o sentido porque nos obriga a reflectir de uma forma que não é possível num suporte virtual. No entanto, cada um deles tem as suas valências e não se impõe sobre o outro.

Aos leitores que aqui chegam através da revista, sejam bem-vindos. Encontram aqui vários assuntos de interesse sobre a fotografia e o mundo que gira à volta da imagem. Aguardo os vossos comentários, sugestões e reclamações.

Termino agradecendo desde já ao José Antunes que acreditou em mim, na minha capacidade de trabalho e escrita e desejo que a revista seja cada vez mais um sucesso.

08
Jan
08

Revistas de fotografia – Chasseur d’images (Fr).

digwater034É a revista de maior tiragem na europa e com maior número de leitores, tem boa impressão temas variados com uma tendência grande para a fotografia de natureza. Publica também testes de equipamento e agora tem uma secção dedicada a truques, a maior parte inúteis, do Photoshop. Isto é em suma a Chasseur d’images.

Em profundidade, é uma revista que luta para se manter actualizada e na ‘crista da onda’ digital e conseguiu com isso perder algum rumo e identidade, os temas abordados já se tornam algo repetitivos, tendo ultimamente seleccionado um fotógrafo e explorado a técnica utilizada e explicada pelo próprio. Os testes mostram um pendor muito marcado para o material Nikon, sem desleixar as restantes marcas, mas nota-se que gostam desta marca, o que por si não é mau se não perderem a objectividade e o rigor. Tem fugido aos grandes temas da actualidade na fotografia: direitos de autor, manipulação, excesso de imagens, partilha online, etc., mantendo-se tranquilamente no seu lugar sem levantar muitas questões nem polémicas, o que não é necessáriamente mau, mas podia fazer mais e melhor neste campo.
Dá algum destaque a trabalhos dos leitores, em extensos artigos, liberalizando assim o acesso à revista; tem também uma secção só com fotografias dos leitores e uma pequena crítica mas é uma secção a pedir uma revisão urgente e rápida.

A revista tem um formato maior do que o normal A4 e o papel é bom, tem pouca publicidade e o número médio de páginas por edição ronda as 210!
É uma revista no sentido clássico do termo, na tradição das boas revistas francesas que não deixa ficar mal quem a compra mas que podia ser ‘refrescada’ a nível de paginação e conteúdo. Pode ser encontrada facilmente em Portugal, com um preço que ronda os 6.5€.




mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats