Posts Tagged ‘vilarinho das furnas

26
Set
10

Adeus…

Anúncios
25
Set
10

Geira Romana

Percurso pedestre “Geira”:
Início: Fronteira da Portela do Homem.
Fim: Fronteira da Portela do Homem.
Tamanho: 6 km (aproximado, não foi medido com gps)
Tipo: médio/fácil, com algumas subidas e descidas acentuadas. Entre os 600 e os 700 mt acima do nível do mar. Não tem fontes de água pelo caminho pelo que deve levar de beber.
Melhor altura do ano: evitar o inverno por causa da chuva e frio, durante o período de verão porque o calor pode ser abrasador. No inverno costuma nevar nesta zona.

O Gerês não é só paisagem mas também tem história edificada e talvez uma das mais antigas seja a Geira Romana que ligava Bracara Augusta a Asturica Augusta em Espanha. É uma via que pode ser percorrida desde Lóbios até Braga sem grandes interrupções o que a transforma numa grande rota disponível para quem tiver fôlego suficiente para a percorrer.
Mas hoje vamos apenas ver uma pequena parte da Geira que pode ser percorrido entre a Portela do Homem e a Mata da Albergaria. O percurso começa mesmo junto à fronteira da Portela do Homem e está devidamente assinalado, é só seguir o marco metálico que indica a Geira.
O percurso é interessante, quase sempre a descer por caminhos de pé posto e pelo meio da mata secular do Gerês.

Em alguns pontos ainda é possível dislumbrar partes da geira com as lajes que constituíam o caminho romano. Não é um caminho que se faça a olhar para a paisagem, tem bastantes rochas espalhadas e raízes de árvores mas mesmo assim é impossível não ficar submerso na beleza das matas que se atravessam pelo trilho.


No último terço deste percurso é necessário atravessar um rio pelo leito e mais uma vez é preciso atenção para não cair nas rochas, ao fundo a geira espera pelos caminhantes…


O Gerês é sempre capaz de nos dar mais um pequeno recanto no meio de um caminho, mais uma surpresa ao virar de uma curva no trilho, aqui um pequeno recanto no meio da geira para descansar e retemperar forças, com a frescura de um regato para “acalmar” o calor de outono


Quase a chegar à mata da albergaria um conjunto de marcos com inscrições várias e situados numa clareira onde está uma casa florestal hoje votada ao abandono.


Antes do final uma outra surpresa e que no verão é capaz de nos proporcionar diversão sem fim: uma cascata, situado no Rio Homem que mais à frente irá dar origem à albufeira da barragem de Vilarinho das Furnas. É este pequeno rio que abastece a albufeira e que se transforma no lago enorme que conhecemos.


Aqui já o caminho de volta pela estrada que liga Leonte à Portela do Homem, um percurso que tem cerca de três quilómetros quase sempre a subir e que se faz sem grande esforço. É necessário algum cuidado a circular por causa de alguns condutores que gostam de conduzir aqui como se fosse uma pista de rali, mesmo à nossa frente vários condutores passaram como se não houvesse amanhã, apesar de várias placas indicarem velocidade máxima de 30km/h…

23
Set
10

Em Vilarinho das Furnas ou como o Gerês está a arder lentamente…

Hoje fomos caminhar na mata da albergaria, o carro esse ficou no início do percurso. Pelo caminho não se encontrou um único caminhante mas carros vários, todos de matrícula portuguesa, o único carro de matrícula estrangeira que encontramos estava estacionado, tal e qual como o nosso, no início do percurso. É pena que poucas pessoas disfrutem deste percurso a pé. Do lado de Vilarinho das Furnas um incêndio, já neste ano, pura e simplesmente dizimou o mato todo até quase Brufe.

Esta zona era quase dominada por mato rasteiro mas mesmo assim é uma perda importante para o PNPG, é desolador ver os montes cobertos de preto, com as pedras enegrecidas pelas chamas e pelo fumo. Mas talvez o que me espantou mais foi ver no terreno que o fogo rondou o início da mata da albergaria e uma zona de pinheiro na margem da albufeira (junto à geira romana) ardeu por completo. É um panorama triste e, na minha opinião, é apenas o rosto vísivel do abandono a que o parque está votado pelas autoridades responsáveis pelo ambiente deste país. Mas estamos em Portugal e nada é de espantar… Tenho vontade de fotografar o máximo do parque porque acho que a continuar completamente abandonado como está não faltarão muitos anos para que as matas seculares sejam atingidas pelos incêndios – este ano rondaram esta mata e consumiram uma parte da de Cabril, tendo há cerca de cinco anos consumido parte da do Mezio.

A chuva obrigou-me a regressar à Vila do Gerês e a outra surpresa estava pelo caminho, regressamos pela estrada dos miradouros e que liga Campo do Gerês à Vila pela estrada antiga e estava tudo ardido…
Ou seja a mata da albergaria esteve cercada pelo fogo po ambos os lados dado que esta encosta é oposta à da albergaria. Neste trajecto está tudo ardido desde o miradouro de jucenda até à Vila, tudo é um enorme manto negro e aqui ardeu uma considerável área de floresta em grande parte constituída por pinheiro, o contraste entre o chão negro e o laranja das agulhas dos pinheiros é enorme o que ainda faz sobressair mais o cenário dantesco da encosta. No entanto a natureza renova-se e os fetos estão a despontar e o chão está cheios de flores de Crocus (açafrão). Mas o local vai precisar de uma intervenção forte do parque e aguardo o seu início, espero sinceramente que não deixem as mimosas invadir a encosta como já aliás está a acontecer junto à Vila.

E assim se passou o dia de hoje…




mário venda nova

contactos:

tlm 965 275 830

skype: elogiodasombra

"eu não quero saber se sou o primeiro a dar a notícia, só me preocupo em ter a informação correcta e fazê-lo bem. Essa é uma pressão diária."

larry king

trabalhos pessoais


mariovendanova.com
[este é o meu sítio pessoal onde estão os meus projectos já consolidados e acabados]

in every kind of light
[aqui estão os rascunhos dos meus projectos correntes e inacabados]

publicação de fotos

todas as fotografias pertencem aos respectivos autores assinalados e são publicadas apenas no estrito interesse do comentário e crítica sobre fotografia.

recursos


Loja 'o elogio' na Amazon
[larga variedade de livros de e sobre fotografia. se comprar via este link recebo uma pequena percentagem.]

Loja 'o elogio' na Amazon.com (EUA)
[igual ao link acima mas para a loja da Amazon EUA, de todas as compras continuo a receber uma pequena percentagem.]

Monochrom
[loja boutique, com artigos que não se encontram noutras lojas. os pápeis de impressão fine-art são bons.]

arquivo

stats